segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Carne Estufada com Ervilhas e Cenouras

Outro dia a ler o twitter do @davidlebovitz fiquei surpreendida quando ele dizia que só se sentiria verdadeiramente Europeu quando perdesse o medo da panela de pressão, achei graça porque realmente é um objecto mais que vulgar nas nossas cozinhas, crescemos com a panela de pressão a apitar, e penso que regra geral ninguém se assusta com ela...
É tão vulgar este objecto que acho que não tenho aqui receita nenhuma com a dita panela de pressão...vamos lá remediar isso...

1 kg de Carne de Vaca ou Porco para estufar
2 Cebolas grandes às rodelas
3 dentes de Alho
5 colheres de sopa de Azeite
200 ml de Polpa de Tomate
1 folha de Louro
1 colher de chá de Mostarda
Pimenta e Sal a gosto
1 colher de sopa de Molho Inglês
1 cubo de Caldo de Carne (opcional)
500 g de mistura de Ervilhas e Cenouras
125 ml de Vinho Branco
200 ml de Água

Dentro da panela, colocar o azeite, a cebola e o alho e deixar refogar um pouco, até a cebola estar transparente.

Adicionar a polpa, a folha de louro, as ervilhas e cenouras e deixar cozinhar mais um pouco.

Por último juntar a carne, temperar com o sal e pimenta, e adicionar os restantes ingredientes, ou seja, a mostarda, o molho inglês, o caldo de carne, o vinho e a água e deixar apurar tudo um pouco, cerca de 5 minutos sensivelmente.

Fechar a panela e depois de começar a soltar o vapor marcar 30 minutos.

Findo o tempo, desligar a panela, soltar o vapor com cuidado e devagar, abrir a panela e deixar tudo descansar cerca de 5 minutos, antes de cortar e servir.

Acompanhar com batatas ou arroz.


sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Pão de Azeite


Tenho feito muito pão ultimamente, como seria de esperar aliás...mas confesso que este que vos mostro hoje tem sido o que tenho feito mais, pois é perfeito para os miúdos levarem para a escola.
E por falar em escola, os horários alteraram-se bastante aqui na mesa, por isso não estranhem as minhas poucas visitas nas vossas cozinhas e também na minha a bem dizer...infelizmente.

270 ml Água
1 colher de chá de Sal
1 colher de sopa (mal cheia) de Açúcar
3 colheres de sopa de Azeite
250 g de Farinha de trigo 55
250 g de Farinha para pão (farinhas daquelas para pão, da Nacional, Branca de Neve ou outra marca)
1 colher de chá cheia de Fermento de padeiro granulado

Deitar todos os ingredientes pela ordem indicada na cuba da máquina para fazer pão.

Ligar o programa básico, que na minha mfp (tefal XXl) é o programa 1.

Findo o tempo retirar o pão imediatamente da máquina e deixar arrefecer num tabuleiro de rede.

Nota: Para o pão não ficar com as marcas das pás eu retiro-as com muito cuidado durante a última levedação e antes de inicar a cozedura.


segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Cheesecake Americano


Não podia deixar o Verão partir sem me despedir dele com o Cheesecake que é feito por mim cá em casa há muitos anos, muito antes de se tornar moda em terras lusas, muito antes de eu ter bimby, muito antes de muita coisa...
A receita é genuinamente Americana, porque me foi dada por uma Americana genuína, receita de família aliás.
O original usa na última camada sour cream que nós não temos e eu substituo por crème fraîche, e 2 dicas fundamentais, um cheesecake americano faz-se sempre de véspera e deixa-se arrefecer dentro do forno.

Base:
1 pacote de Bolacha-Maria
2 colheres de sopa de Açúcar
100 g de Margarina ou Manteiga
1 colher de chá mal cheia de Canela em pó

Recheio:
3 pacotes de Queijo tipo Filadélfia (600 g)
200 g de Açúcar
3 Ovos
1 colher de chá de essência de Baunilha

Cobertura:
200 g de Crème Fraîche
3 colheres de sopa de Açúcar

Comece pela base deitando todos os ingredientes da base acima descritos dentro do copo da bimby e triturando durante 30 segundos, velocidade 5 (quem não tiver bimby, faz a base na picadora, e o recheio com a batedeira).

Com esta massa de bolacha forrar uma forma de fundo amovível ou pirex, não é preciso untar.
Podem forrar só o fundo com a bolacha, ou o fundo e as paredes que é o que eu faço, pois o recheio de queijo vai liquido em cima e se for de fundo amovível pode pingar. Reservar.

No copo da bimby, que deve estar limpo, não precisa de estar lavado, mas não deve ter restos de bolacha, colocar todos os ingredientes do recheio e marcar 1 minuto, velocidade 4.

Deitar por cima da base de bolacha e levar a forno pré-aquecido a 180º durante 35 minutos.

Entretanto misturar o açúcar com o crème Fraîche e reservar.

Findo os 35 minutos retirar o cheesecake do forno, espalhar o crème rápida e uniformemente por cima e levar novamente ao forno mais 10 minutos.

Desligar o forno e deixar o cheesecake arrefecer lá dentro.

Guardar no frigorífico depois de frio. Servir fresco e no outro dia.


sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Doce de Amoras Silvestres

E ainda da colheita deste ano de amoras, além do manjar e de novamente a tarte, fiz o resto em doce.
Pode ficar mais espesso, basta para isso estar mais tempo ao lume, não é o que eu normalmente faço, pois a minha pipoca gosta de pão com doce e como às vezes leva para a escola se for muito espesso não impregna no pão, e as consequências voçês imaginam...

450 g de Amoras silvestres

400 g de Açúcar

Sumo de 1/2 Limão

Colocar tudo no copo da bimby e marcar 45 minutos, temperatura 100º velocidade 1.

Findo o tempo, triturar 30 segundos na velocidade 6.

Novamente marcar mais 15 minutos, temperatura 100º (se quiserem mais espesso façam temperatura Varoma) velocidade 2.

Guardar em frascos estirilizados, com papel vegetal a cobrir antes de colocar a tampa.
Eu conservo logo no frigorifico para durarem mais tempo.


terça-feira, 8 de setembro de 2009

Pao com Chourico


A minha 1ª MFP tem mais de 10 anos, fazendo por alto as contas já deve estar perto dos 15, e apesar de estar boa e a funcionar perfeitamente, resolvi fazer um upgrade no que toca à máquina e oferecia-a à mana mais velha...
Tudo isto porque andava de olho na MFP da Tefal a XXL, já que só valeria a pena trocar a minha que é em tudo igual às que se vendem hoje em dia por uma realmente diferente...
Por isso estou de volta no que toca a pães, embora hoje traga um que toda a gente faz de uma maneira ou de outra, mas tinha que apresentar a bichinha à sociedade...


400 ml de Água
2 colheres de café de Sal
1 colher de sopa de Açúcar
700 g de Farinha tipo 65
1,5 colheres de café de Fermento de Padeiro
200 g de Chouriço picado

Juntar a água, sal, e açúcar.

Adicionar a farinha e por fim o fermento.

Marcar o programa 2, que nesta máquina é o pão Francês.

Quando tocar o primeiro alarme adicionar o chouriço picado.

No final da cozedura, retirar imediatamente o pão da máquina e deixa arrefecer num tabuleiro de rede.


sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Manjar de Côco com Calda de Amoras Silvestres


A colheita deste ano de amoras foi muito produtiva, estavam gordinhas e muito docinhas...
Aproveitei para utilizar uma parte delas neste manjar que já estava guardado há bastante tempo para ser feito, a receita foi adaptada daqui.

Manjar:
1 chávena de chá de Amido de Milho (Farinha Maizena)
2 chávenas de chá de Açúcar
1 chávena de chá de Côco ralado
1 litro de Leite

Calda:
250 g de Amoras Silvestres
100 ml de Água
3 colheres de sopa de Açúcar

A chávena tem a capacidade de 200 ml

Num tacho largo juntar todos os ingredientes do manjar e mexer até tudo estar bem dissolvido.

Levar a lume brando mexendo sempre até engrossar.

Tirar do lume quando começar a formar bolhas e a largar do fundo do tacho.

Deitar numa forma untada com um pouco de óleo e levar ao frigorico até solidificar.

Desenformar e colocar a calda fria por cima.


Para preparar a calda juntar todos os ingredientes e levar ao lume até ferver, deixando estar cerca de 5 minutos a ferver, mas aqui depende muito do gosto, podem querer uma calda mais grossa ou mais fina é ao gosto.

Deixar arrefecer completamente antes de cobrir o manjar.


terça-feira, 1 de setembro de 2009

Empada de Frango II


Ontem esteve um dia maravilhoso, mesmo como eu gosto, uma brisa fresca no rosto, a vontade de andar na rua sem me esconder do sol...Adeus Agosto...Olá Setembro...

1 Cebola
2 dentes de Alho
4 colheres de sopa de Azeite
100 g de Polpa de Tomate
100 ml de Cerveja
2 Cenouras às rodelas
200 g de Ervilhas
350 g de Frango cozido desfiado
200 ml de Molho Bechámel
2 placas de Massa fresca para Pizza

No copo da bimby, ou num tacho, colocar a cebola às rodelas, o alho, o azeite, a polpa de tomate e a cerveja, durante 15 minutos, temperatura 100º, velocidade colher.

Findo o tempo, triturar tudo durante 30 segundos na velocidade 7.

Descer os resíduos das paredes e juntar as cenouras às rodelas e as ervilhas que podem ser congeladas e marcar mais 15 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa.

Adicionar o frango desfiado e o molho bechámel e marcar mais 10 minutos, temperatura 100º, velocidade colher inversa.

Deixar arrefecer.

Abrir as duas placas de massa para pizza das redondas, colocar uma no fundo de uma tarteira ou pirex, previamente untado com margarina.

Distribuir todo o recheio (que deve estar frio) por cima.

Colocar a outra placa de massa por cima e enrolar as pontas para que fique selada.

Abrir um pequeno orificio ao meio para que respire melhor.

Opcionalmente pode pincelar com ovo batido por cima para dar brilho, e levar a forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 25 minutos, ou até a massa atingir a cor desejada.

Servir quente ou frio.